O conceito ANTS dos tractores Valtra, voltado para o futuro Comunicado de imprensa

27.01.2011

O 60º aniversário da Valtra já visualiza o futuro, ao apresentar o tractor com o conceito ANTS.

ANTS é um jogo de palavras, já que as letras A, N, T e S representam a série actual de modelos Valtra, mas, em inglês, também é o plural de “ant” ou formiga. A formiga é conhecida por ser um insecto social e forte em relação ao seu tamanho, embora as características de uma formiga industrializada também possam ser discernidas no conceito ANTS.

Em 2050, haverá nove biliões de pessoas a viver no globo e a área arável será mais pequena do que hoje. Os agricultores precisarão de tecnologia avançada para alimentar a população crescente e produzirão energia, para além de alimentos.

O ANTS dará resposta a estes desafios no futuro, mas respeitando as tradições da Valtra. É dinâmico, fácil de utilizar, personalizável, inteligente, ágil e leve em comparação com a sua potência. O ANTS é uma solução modular. É composto por dois módulos básicos: A unidade de segurança, com uma potência de 100 kW, e a unidade de trabalho, com uma potência de 200 kW. Ambas podem funcionar em conjunto ou individualmente. Para tarefas de supervisão, tem uma cabina que pode ser instalada em ambas as máquinas. Quando tiver de executar trabalhos pesados que requeiram a participação do operador, os módulos podem ser interligados, ou seja, as rodas traseiras são ligadas a um calibre estreito, as rodas frontais da outra máquina são conduzidas lado a lado e as máquinas ficam interligadas. Assim, estará disponível uma condução estrutural com uma potência de 400 kW.

A cabina é a uma cápsula que pode ser ligada a ambos os módulos básicos. Pode ser rodado e colocado na parte da frente ou de trás do módulo básico, ou por cima deste. A cabina desce, permitindo que a parte mais propensa a acidentes do trabalho do tractor – entrar e sair da cabina – seja realizada de forma segura e simples.

A interface do operador é tão simples quanto possível. A maioria dos comandos são dados por voz. As informações importantes para a tarefa são apresentadas num ecrã HUD nas superfícies de janela da cabina. A máquina tem excelentes capacidades de comunicação. A estrutura composta da cabina é segura, e terá uma visão sem limitações em todas as direcções. A funcionalidade tradicional TwinTrac da Valtra foi desenvolvida ao máximo, porque uma cabina móvel significa que o tractor ANTS não tem uma extremidade frontal ou traseira separada.

Motor e combustível conforme necessário

A tecnologia das energias dará grandes passos nas próximas décadas. A transmissão será electrónica e a electricidade será produzida de formas diferentes, através de baterias eficientes, células de combustível e geradores turbo, ou através de um motor de combustão de classe elevada que pode explorar o biocombustível ou o bio diesel, produzidos nas quintas. A fonte de energia terá o potencial de ser alternada de forma modular, quando for necessário.

A estrutura da máquina básica será leve. As rodas estão colocadas na extremidade dos eixos, os quais são utilizados para suspensão activa e regulação da folga, bem como para levantar e baixar máquinas de trabalho do chão. A folga mínima destina-se aos trajectos em estrada, para oferecer a melhor estabilidade possível. É utilizada uma folga mais larga fora da estrada. As rodas são inteligentes, e a sua largura, ou o tamanho de superfície de contacto, podem ser ajustados para evitar compactar superfícies do solo. O ANTS examina a estrutura e a composição do solo, e optimiza a sua superfície de contacto com o solo. Quando as rodas se alargam, os carris tornam-se mais agressivos. Contudo, a superfície das rodas será optimizada para a condução em estrada na posição estreita.

Trabalho automatizado

A unidade de trabalho é da classe de potência 200 kW e poderá realizar as suas tarefas sem vigilância. A unidade de segurança predefinida está equipada com uma cabina e realizará todas as tarefas de serviço centrais. Assim, está equipada com um braço telescópico duplo, no qual pode ser montado equipamento para diferentes tipos de trabalho. Também será mais fácil aceder a espaços estreitos com a máquina, porque esta pode “encolher”. A maior parte dos comandos de trabalho da máquina será gerido por motores e actuadores eléctricos. Se for necessário o sistema hidráulico tradicional, este será à base de água.

A moldura estrutural é um carril que vai da frente para trás. A cabina e o equipamento de trabalho podem ser fixados ao carril.

O conceito ANTS foi construído numa escala de 1:5 e tem sido executado pela Lighthaus de Gothenburg, juntamente com o desenvolvimento de produtos Valtra. A apresentação deste conceito teve lugar no aniversário de diamante da Valtra. O tractor do conceito será apresentado em 2011, em exposições de agricultura e maquinaria, como a Agritechnica e a SIMA.


« Regressar à descrição geral