60 anos de tractores Valtra na Finlândia Comunicado de imprensa

27.01.2011

A produção de tractores Valtra (Valmet) começou depois da Segunda Guerra Mundial. As fábricas de espingardas, morteiros e aviões voltaram-se para a produção de tractores agrícolas, dos quais havia uma grande falta depois da guerra. Os primeiros 15 tractores Valmet ficaram concluídos em 1951.

Só dez anos mais tarde, a Valmet fundou uma fábrica de tractores em Mogi das Cruzes, no Brasil. Os primeiros cinco tractores Valmet 360 D foram acabados em Dezembro de 1960. Desde então, a decisão corajosa e arriscada de estabelecer uma fábrica do outro lado do mundo provou-se estar certa: a Valmet do Brasil é, actualmente, o outro pilar de suporte da Valtra.

Em 1979, a Valmet comprou a divisão de tractores da Volvo BM sueca. As raízes da Volvo BM e das suas predecessoras Bolinder e Munktell estão bem firmes da história industrial da Suécia. Theofron Munktell abriu uma loja de máquinas em Eskilstuna, em 1832. O primeiro tractor do ramo sueco da Valtra ficou concluído em 1913. A Valmet e a Volvo BM uniram forças em 1978 e a primeira série de tractores Volvo BM Valmet 05 que desenhámos juntos foi lançada em 1982.

A fábrica de motores AGCO Sisu Power em Linnavuori está fortemente ligada à história da Valtra. Os tractores Valtra, produzidos em Suolahti, foram sempre equipados com motores AGCO Sisu Power ou com os dos seus predecessores Sisu Diesel e Valmet Diesel. Actualmente, os motores AGCO Sisu Power são produzidos em várias fábricas por todo o mundo, e podem ser encontrados sob o capô dos Valtra e de muitas outras máquinas de trabalho todo-o-terreno.

A Valtra pode ter 60 anos, mas conhece as suas raízes e encara o futuro com entusiasmo. O pequeno fabricante finlandês tornou-se uma marca mundial de tractores. Como parte da AGCO Corporation, a Valtra ganhou o apoio de um dos maiores grupos agrícolas do mundo.


« Regressar à descrição geral